sábado, 10 de março de 2007

Lucros da Galp crescem para os 755 milhões de Euros

Os lucros da Galp avançaram para os 755 milhões de euros no ano passado, o que representa um aumento de 8% face a 2005, ligeiramente acima das previsões. Ajustados aos itens não recorrentes (venda de activos à REN), os lucros subiram para os 468 milhões. As receitas da petrolífera cresceram mais de 9%.
O resultado líquido da Galp Energia aumentou em cerca de 8% para os 755 milhões de euros em 2006 quando comparado com o mesmo período do ano anterior, de acordo com o comunicado emitido para a Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).
Os analistas consultados pela Reuters previam, em média, que os lucros da petrolífera se situassem nos 746 milhões de euros.
Quando analisados os números ajustados o acréscimo dos lucros foi de 10% para os 468 milhões de euros. A empresa explica no comunicado que os ajustes estão relacionados com itens não recorrentes.
No ano passado os resultados da Galp foram impulsionados pela mais-valia proveniente da venda dos activos de transporte e armazenagem do gás natural, regasificação e armazenamento de gás natural liquefeito à Rede Eléctrica Nacional (REN) por 220 milhões de euros.
Em 2005, as contas da empresa beneficiaram de um impacto favorável de 239 milhões de euros devido ao critério de valorização do custo das mercadorias vendidas em IFRS (novas normas contabilísticas).
As receitas da Galp cresceram 9,6% para os 12,21 mil milhões de euros, impulsionadas pelo aumento verificado no segmento de exploração e produção, cujo volume de negócios no final do ano se situaram nos 141 milhões de euros. A unidade de refinação foi a que mais contribuiu para as receitas do grupo ao aumentar em 8,1% as vendas para os 10,84 mil milhões de euros.
O EBITDA da petrolífera nacional cresceu 4,1% para os 1,24 mil milhões de euros e o resultado operacional avançou 10% para os 949 milhões de euros.
Vendas do quarto trimestre descem 12%
As receitas da Galp no quarto trimestre caíram em 11,9% para os 2,82 mil milhões de euros, o que compara com os 3,19 mil milhões registados no mesmo período de 2005.
Para esta quebra contribuiu "um menor volume de quantidades vendidas e preços inferiores aos verificados no quarto trimestre do ano transacto, em linha com os mercados internacionais".
Ainda assim, os lucros da empresa no trimestre cresceram 25% para os 32 milhões de euros. Contudo se forem analisados os números ajustados, o resultado líquido do trimestre caiu em 5% para os 94 milhões de euros. As acções da Galp Energia fecharam hoje em alta de 1,94% para os 7,35 euros. (Jornal de Negócios)

Um comentário:

Jose disse...

Tá... E a foto é pra ilustrar o crescimento?
Tá precisando de um upgrade de bunda... hehe
Bota uma legítima nacional aí...

Ass: O evacuado (portanto especialista em bunda)